Song Lyrics From Around The World

Home | Email Us | 0-9 | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Christmas | Soundtracks | Web Hosting with TotalChoice

big text small text home back forward print

VOZES DA SECA (Luiz Gonzaga / Zé Dantas) Raimundo Fagner - 1988 Seu doutô os nordestino têm muita gratidão Pelo auxílio dos sulista nessa seca do sertão Mas doutô uma esmola a um homem que é são Ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão É por isso que pedimos proteção a vos micê Homi por nós escoído para as rédias do poder Pois doutô dos vinte estados temos oito sem chovê Veja bem, quase a metade do Brasil tá sem cumê Dê serviço a nosso povo, encha os rio de barragem Dê comida a preço bão, não esqueça a açudagem Livre assim nós da esmola, que no fim dessa estiagem Lhe pagamos inté os juros sem gastar nossa coragem Si o doutô fizer assim salva o povo do sertão Quando um dia a chuva vim, que riqueza pra nação Nunca mais nós pensa em seca, vai dá tudo nesse chão Como vê, nossos destino mecê tem na vossa mão.

    


International Lyrics Playground       Private Guitar Lessons in Connecticut!       Web Hosting with TotalChoice       Click and start earning!       Privacy Policy